Arquivos de Categoria: nacional

Rancho Fundo (Lamartine Babo)

rancho fundo1

 

Anúncios

Dorme a cidade

dorme1dorme2

Tiro ao Álvaro ( Adoniran Barbosa)

alvaro1
alvaro2

Oito Anos – Adriana Calcanhoto

D
Por que você é Flamengo
E meu pai Botafogo
G
O que significa
“Impávido Colosso”?
D
Por que os ossos doem
Enquanto a gente dorme
A
Por que os dentes caem
G
Por onde os filhos saem
D
Por que os dedos murcham
Quando estou no banho
G
Por que as ruas enchem
Quando está chovendo
D
Quanto é mil trilhões
Vezes infinito
A
Quem é Jesus Cristo
Onde estão meus primos

D G
Well, well, well Gabriel.
D
Well, well, well
A G
Well
D
Por que o fogo queima
Por que a lua é branca
G
Por que a Terra roda
Por que deitar agora
D
Por que as cobras matam
Por que o vidro embaça
A
Por que você se pinta
Por que o tempo passa
D
Por que que a gente espirra
Por que as unhas crescem
G
Por que o sangue corre
Por que que a gente morre
D
Do qué é feita a nuvem
Do qué é feita a neve
A
Como é que se escreve
Bb A G
Re_vei_llón
D G
Well, well, well , Gabriel (4x)

A noite (Tié)

   F
Palavras não bastam

Não dá pra entender
        C
E esse medo que cresce e não para
          Em
É uma história que se complicou
                   Dm
E eu sei bem o porquê

          F
Qual é o peso da culpa 
           C
Que eu carrego nos braços

Me entorta as costas e dá um cansaço
      Em
A maldade do tempo 
                        Dm
Fez eu me afastar de você

Refrão:

                  F
E quando chega a noite
                     C
E eu não consigo dormir
                Em                 Am
Meu coração acelera e eu sozinha aqui
                   F
Eu mudo o lado da cama 
                 C
Eu ligo a televisão
                      Em
Olhos nos olhos no espelho
                 Am
E o telefone na mão

Segunda Parte:

              F
Pro tanto que eu te queria 
         C
O perto nunca bastava

E essa proximidade não dava
       Em
Me perdi no que era real 
                  Dm
E no que eu inventei

        F
Reescrevi as memórias 
                  
Deixei o cabelo crescer
        C
E te dedico uma linda estória confessa
       Em
Nem a maldade do tempo 
                          Dm
Consegue me afastar de você

Terceira Parte:

                     F
Te contei tantos segredos
                    C
Que já não eram só meus
                    Em
Rimas de um velho diário
                    Am
Que nunca me pertenceu

                    F
Entre palavras não ditas
                     C
Tantas palavras de amor
                 Em
Essa paixão é antiga
                    Am
E o tempo nunca passou

Refrão:

                  F
E quando chega a noite
                     C
E eu não consigo dormir
                Em                 Am
Meu coração acelera e eu sozinha aqui
                   F
Eu mudo o lado da cama 
                 C
Eu ligo a televisão
                      Em
Olhos nos olhos no espelho
                 Bb9
E o telefone na mão

Base solo:

F  C  Em  Dm

Solo:


Refrão final:
                  F
E quando chega a noite
                     C
E eu não consigo dormir
                Em                 Am
Meu coração acelera e eu sozinha aqui
                   F
Eu mudo o lado da cama 
                 C
Eu ligo a televisão
                      Em
Olhos nos olhos no espelho
         F       C  F
E o telefone na mão
          C  F
Na minha mão
          C
Na minha mão

Panis et Circensis ( Caetano veloso)


 

Intr.: G  D  Am  C 

sequenciar os acordes G D  Am  C  ao longo da musica


Eu quis cantar minha canção iluminada de sol 
          
         
Soltei os tigres e os leões nos quintais 
            
Mas as pessoas na sala de jantar, são as pessoas na sala de jantar 
                   D7        G 
São ocupadas em nascer e morrer 
Mandei fazer de puro aço luminoso punhal 
Para matar o meu amor e matei 
Às cinco horas na avenida central 
Mas as pessoas na sala de jantar, são as pessoas na sala de jantar 
São ocupadas em nascer e morrer 

Mandei plantar folhas de sonho no jardim do solar 
                        
As folhas sabem procurar pelo chão 
                 
E as raízes procurar, procurar 
                    
Mas as pessoas na sala de jantar, essas as pessoas na sala de jantar 
São as pessoas na sala de jantar, mas as pessoas na sala de jantar 
        
São ocupadas em nascer e morrer

Amigo apaixonado

         G                        D
Pensando bem eu gosto mesmo de você
                      Em
Pensando bem quero dizer
    Am                 D
Que amo ter te conhecido
         G                        D
Nada melhor que eu deixar você saber
                        Em
Pois é tão triste esconder

Am                 D
Um sentimento tão bonito

      C                   G
Hoje mesmo vou te procurar

Falar de mim
         C
Sei que nem chegou a imaginar
        G                        D
Que eu pudesse te amar tanto assim

(refrão)
G               D          Em
Sempre fui um grande amigo seu
                C                 G
Só que não sei mais se assim vai ser
             D             C
Sempre te contei segredos meus
              D           G
Estou apaixonado por você
             D          Em
Esse amor entrou no coração
                C              G
Agora diz o que é que a gente faz
            D              C
Pode dizer sim ou dizer não
              D           G
Ser só seu amigo não dá mais

(solo)   G D Em C G D C D

         G                        D
Nada melhor que eu deixar você saber
                        Em
Pois é tão triste esconder
    Am                 D
Um sentimento tão bonito

      C                   G
Hoje mesmo vou te procurar Falar de mim
         C
Sei que nem chegou a imaginar
        G                        D
Que eu pudesse te amar tanto assim

G              D          Em
Sempre fui um grande amigo seu
                C                 G
Só que não sei mais se assim vai ser
             D             C
Sempre te contei segredos meus
              D          G
Estou apaixonado por você
             D          Em
Esse amor entrou no coração
                C              G
Agora diz o que é que a gente faz
            D              C
Pode dizer sim ou dizer não
              D               G
Ser só seu amigo ... não dá mais !!

Proibida pra mim (charlie Brown jr.)

D                A
Ela achou meu cabelo engraçado
Bm             G
Proibida pra mim NO WAY !
D                A
Disse que nao podia ficar
Bm                     G
mas levou a serio o que eu falei

D                      A
Eu vou fazer de tudo que eu puder
Bm                    G
Eu vou roubar essa mulher pra mim
D                      A
Eu posso te ligar a qualquer hora
Bm            G
Mas eu nem sei seu nome

D                    A
Se nao eu quem vai fazer voce feliz ?
Bm                    G
Se nao eu quem vai fazer voce feliz ?

D
guerra

( A   Bm   G )

D                 A
Eu me flagrei pensando em voce
Bm                        G
em tudo o que eu queria te dizer
D                  A
Numa noite especialmente boa
Bm                             G
Nao a nada mais que a gente possa fazer

D                      A
Eu vou fazer de tudo que eu puder
Bm                    G
Eu vou roubar essa mulher pra mim
D                      A
Eu posso te ligar a qualquer hora
Bm            G
Mas eu nem sei seu nome

D                    A
Se nao eu quem vai fazer voce feliz ?
Bm                    G
Se nao eu quem vai fazer voce feliz ?

Meu erro ( Paralamas )

A
Eu quis dizer
C#m
Você não quis escutar
D
Agora não peça
Dm
Não me faça promessas
A
Eu não quero te ver
C#m
Nem quero acreditar
D
Que vai ser diferente
Dm
Que tudo mudou
C#m
Você diz não saber
F#m
O que houve de errado
D
E o meu erro foi crer
Dm
Que estar
ao seu lado
A E
bastaria
D
Ah Meu Deus , era tudo
A E
que eu queria
D Dm
Eu dizia o seu nome, não

Me abandone

(Parte 2):
A
Mesmo querendo eu
C#m
não vou me enganar
D
Eu conheço os seus passos
Dm
Eu vejo os seus erros
A
Não há nada de novo
C#m
Ainda somos iguais
D
Então não me chame
Dm
Não olhe pra trás
C#m
Você diz não saber
F#m
O que houve de errado
D
E o meu erro foi crer
Dm
que estar ao seu lado
A E
bastaria
D
Ah!meu Deus era tudo que eu
A E
queria
D
Eu dizia o seu nome
Dm
Não me abandone
A E D A E D
Jamais

Sábado de sol ( Mamonas assassinas )

G         Em
Sábado de sol
      C        D
Aluguei um caminhão
G              Em
Pra levar a galera
C             D
Pra comer feijão
          G              Em
Chegando lá, mas que vergonha
C             D
Só tinha maconha
         G             Em
Os maconheiros tava doidão
      C            D
Querendo o meu feijão